Melasma: 4 coisas que você precisa saber para suavizar as manchas

O melasma é uma doença crônica que provoca manchas escuras na pele do rosto, braços, pescoço e colo. Apesar dessas manchas não apresentarem nenhum risco sério para a saúde, sabemos que elas incomodam e mexem muito com a autoestima de quem luta para se encaixar no padrão de “pele perfeita” imposto pela sociedade. 

Então, se você tem melasma e quer saber como minimizar as manchas e ter uma pele mais uniforme, confira essas 4 dicas que separamos pra você: 

Dica #1: Tenha o filtro solar como seu maior aliado

A produção irregular de melanina causada pelo melasma está associado a razões como predisposição genética, alterações hormonais e principalmente a exposição excessiva aos raios ultravioleta (UVA e UVB) e também a luz das lâmpadas artificiais, celulares, televisores e computadores, a chamada luz visível. 

Por isso, a melhor maneira de prevenir e tratar o melasma é utilizando SEMPRE o filtro solar de no mínimo fator 30 FPS. Além disso, roupas de manga longa, chapéus e óculos também podem  ajudar a proteger da exposição ao sol. 

Dica Ouro: Os protetores coloridos são os maiores aliados de quem quer proteger a pele contra o surgimento dessas manchas. Isso porque a pigmentação desses filtros funciona como um escudo, tanto absorvendo como refletindo a luz para bem longe. 

Dica #2: Cuidado com o procedimento escolhido  para a depilação 

Procedimentos estéticos que causem irritação na pele do rosto, como é o caso das depilações com lâmina ou cera, podem contribuir para o aparecimento ou agravamento das manchas do melasma. Por isso, a melhor opção são os métodos menos agressivos a pele, como o laser ou a luz intensa pulsada.  

Dica #3: O estresse emocional pode intensificar a manchas 

As células do corpo que produzem a melanina são muito sensíveis e pode ser afetada até mesmo por alterações no humor. A tensão causada pelo estresse, por exemplo, aumenta a concentração de radicais livres, que tem ação oxidativa no organismo, causando as temidas manchas. Por isso, o uso de produtos que contenham ativos antioxidantes como, a vitamina C, é recomendado para tratar casos de melasma, além de ser fantástico no tratamento de pigmentação, restaurando os níveis de melanina e também agindo como um ótimo clareador. 

Dica #4: Fique atenta aos ativos presentes em seus cosméticos 

Além da Vitamina C, existem outros ativos que podem dar uma mãozinha para a pele com melasma. O aloe vera conta com um componente conhecido como aloesin, que ajuda a reduzir a pigmentação da pele. O ácido glicólico também melhora a textura da pele, equilibra a oleosidade, minimiza manchas e diminui a acne. 

É importante lembrar que cada pele tem suas características únicas, por isso consultar um dermatologista é essencial para saber qual  tratamento é mais adequado para minimizar as manchas sem agredir a sua pele.